Poem

Sentimentos opostos
Nascem no meu ser
Uns adiante querem ir
Outros devagar preferem avançar
Mas todos desejam o mesmo fim

Todos desejam o mesmo fim
Todos querem o mesmo sentir
Ver nascer algo
Pois para todos esse fim
Não é senão um principio

Até hoje só estive
(porem ainda assim estou)
Mas consigo agora acompanhado ver-me

Almejo A companhia
O calor
O beijo
A  união

Uma união simples
que almeja o nada ver
Mas unido estar

O que antes desinteressante parecia
Agora sentido faz

Mas terei força?
Conseguirei aguentar a solidão?

Só me encontro…
E é como cego estivesse
Abre-me os olhos
Abre-me a luz
Abraça-me …Fica comigo
A solidão dói
Cura-me
Pois à muito estou doente

Tens a chave?
Ou serás apenas uma (des)ilusão
Tenta…Pois pior não farás
E o meu mundo poderás salvar

Advertisements

1 thought on “Só”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s